• Janaína de Oliveira

Cuba: legado dos Castro chega ao fim, mas sucessor Miguel Díaz-Canel promete trazer 'mais mercad

Atualizado: 22 de Mai de 2019



[AP/Irene Perez] O novo presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, ao lado do ex-presidente Raúl Castro, no dia da eleição, em Havana.

HAVANA - Pela primeira vez em cinquenta anos, Cuba não será liderada por um sobrenome Castro. Escolhido a dedo e preparado por dez anos, Miguel Díaz-Canel foi eleito presidente de Cuba no dia 19 de abril por deputados da Assembleia Nacional, numa disputa sem concorrentes. A ilha comunista foi o quarto país da América Latina a eleger um novo líder nacional em 2018, numa lista que inclui Colômbia, México, Venezuela, Brasil, Costa Rica e Paraguai.

Ao assumir o cargo, Díaz-Canel prometeu dar continuidade à revolução dos Castro, mas também apoiar reformas que tragam 'mais mercado' a ilha. Miguel ainda afirmou que as decisões mais importantes ainda serão tomadas por Raúl Castro que continua presidente do partido comunista até 2021. De acordo com as leis do país, o sucessor poderá se manter presidente em até duas gestões de cinco anos cada.


#cuba #mapapolítico #políticainternacional

14 visualizações

©2018 criado por Janaína de Oliveira. Todos os direitos reservados.